sexta-feira, 24 de maio de 2024

Uma história fantástica

A escritora Ângela Leite Xavier (cadeira n.º 1 da ALPM) é pesquisadora de histórias regionais e de histórias de mulheres e de família. Dentre outros livros, é autora de "Tesouros, fantasmas e lendas de Ouro Preto". É muito conhecida também como contadora de histórias. Neste vídeo, ela conta a história fantástica de um pescador que teve uma grande surpresa. Conheça "A mulher esqueleto"!



quinta-feira, 16 de maio de 2024

Psicologia

Conceição Cruz
Cadeira n.º 4


Família: mãe e filha somente.

Monólogo de mãe,

filha não ouve, não responde:

diálogo frenético no celular...

 

Milagre!

Através da tecnologia algo começa a fluir.

 

Em cada canto da casa,

ambas solitárias e mudas,

de olho pregado no celular,

agora conseguem, rudimentarmente,

conversar entre si...

 

Futuros profissionais da Psicologia

que não treinam o ouvir?

Que rumos esta ciência terá?

__________________________________

Do livro Alegria! Mulher: (uni)versos (2017)

segunda-feira, 6 de maio de 2024

Travessia

Maria do Rosário Bessas
(Lagoa da Prata/MG)

Entre o azul infinito do céu

E o suave verde das colinas,

Seus braços abraçam a fé

Do povo de Pará de Minas.

E no alto, o admirando em prece,

Peço que me abençoe

E sempre me proteja

Enquanto existo...

E que nessa travessia

Da ponte entre o céu e a terra,

Que o amor sempre me leve

Aos braços de Jesus Cristo.

________________________________________

Inspirada pela visita ao Cristo Redentor de Pará de Minas, promovida durante o VI Encontro das Academias de Letras de Minas Gerais a todos os acadêmicos presentes, a poeta de Lagoa da Prata Maria do Rosário Bessas escreveu esta homenagem.

___________________________________

Foto: Márcio Simeone

Programação cultural da ALPM marca o VI Encontro da Asalemg

Poeta e contador de histórias: Paulinho Pedra Azul em conversa musical com Malluh Praxedes

Como parte da programação do VI Encontro das Academias de Letras de Minas Gerais e no contexto da 10.ª Feira Literária de Pará de Minas - Paraliteratura, a Academia de Letras de Pará de Minas, anfitriã do Encontro, promoveu atividades culturais abertas ao público, no último sábado, 4 de maio. A ALPM contou com o apoio e a parceria da Secretaria de Cultura e Comunicação Institucional da Prefeitura.

O primeiro evento, na abertura do Encontro, foi uma conversa musical com o cantor, compositor e escritor mineiro Paulinho Pedra Azul. A conversa foi comandada pela acadêmica Malluh Praxedes, escritora que ocupa a cadeira n.º 19 da ALPM e realizada no Teatro Municipal Geraldina Campos de Almeida. Nascido no Vale do Jequitinhonha, Paulinho não é conhecido somente pela sua obra musical, mas também como poeta e contador de histórias, com vários livros publicados. Ele teve a oportunidade de falar sobre sua carreira e sua relação com a literatura, incluindo seu último livro, o 18.º de sua bibliografia, denominado "Eu Conto" (Editora Caravana), lançado em 2022.

Uma vasta discografia e bibliografia de Paulinho Pedra Azul: contador e cantador

No dia 4 à tarde a ALPM promoveu o seu 5.º Sarau Livre Vozes Poéticas, na sua sede (Centro Literário Pedro Nestor). A atividade foi conduzida pelos acadêmicos José Roberto Pereira (Cadeira n.º 12) e Carmélia Cândida (Cadeira nº 2) e contou com a participação livre de acadêmicos e outros artistas. 

Uma tarde no Sarau Livre, na sede da ALPM

 

Apresentação do acadêmico Geraldo Photeboa (cadeira n.º 14) no Sarau Livre

As atrações foram completadas com o encontro "Literatura e Vinho", com uma conversa com o Acadêmico Arnaldo de Souza Ribeiro, de Itaúna, no Bodega WineBar.

A programação do domingo, dia 5, foi dedicada à reunião da Associação das Academias de Letras de Minas Gerais, Asalemg e restrita aos membros representantes de 15 academias participantes.

quarta-feira, 1 de maio de 2024

Academia promove Sarau Livre


A Academia de Letras de Pará de Minas realizará no próximo dia 4 de maio, sábado, às 17 horas, em sua sede (Centro Literário Pedro Nestor), o 5.º Sarau Livre Vozes Poéticas. A proposta é de realizar uma atividade em que as pessoas possam participar com suas manifestações artísticas e a entrada é franca. Esta será uma edição especial. Além de fazer parte da 10.ª Paraliteratura, a Feira Literária de Pará de Minas, também compõe a programação do VI Encontro da Associação das Academias de Letras de Minas Gerais - Asalemg, do qual a ALPM é anfitriã. O evento conta com o apoio da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Cultura e Comunicação Institucional.

Acadêmico lança o curta-metragem "Uma selfie no jantar"

O Acadêmico José Roberto Pereira, cadeira n.º 12 da ALPM, acaba de lançar um curta-metragem, no último dia 24 de abril, chamado "Uma Selfie no Jantar". Trata-se de projeto contemplado pela Lei Paulo Gustavo, em edital promovido pela Secretaria Municipal de Cultura e Comunicação Institucional de Pará de Minas e com patrocínio do Governo Federal, por meio do Ministério da Cultura. Tem roteiro e direção de José Roberto Pereira e produção da CMK Filmes. A equipe conta ainda com a participação de Dani Andrade como Diretora de arte, Jardel Fellipe na Assistência de Cenografia, Ari Lima na captação do áudio e Guto Aeraphe, que assina a direção de fotografia, edição e a co-direção do curta. José Roberto, que também é ator, faz parte do elenco, que conta também com outra acadêmica, a escritora e atriz Carmélia Cândida (cadeira n.º 2).

"Uma selfie no jantar" conta a história de dois irmãos que se isolaram do resto família e da sociedade e encontraram na culinária um tempero seguro para suas manias e práticas de boa etiqueta. Mas a visita de uma terceira irmã com seu marido quebrará esta insossa rotina. O que deveria ser um jantar de reaproximação mostra-se um caldeirão fumegante de manias e hábitos inconvenientes que poderão culminar em uma panela de pressão prestes a explodir. Pode ser assistido no link acima.

sábado, 27 de abril de 2024

ALPM participa da Feira Literária de Pará de Minas, de 2 a 5 de maio

 

A 10ª Paraliteratura - Feira Literária de Pará de Minas, será realizada de 2 a 5 de maio de 2024. Promovida pela Secretaria Municipal de Cultura e Comunicação Institucional, conta com a participação e apoio da Academia de Letras de Pará de Minas. 

Os estandes serão montados na Praça Torquato de Almeida, no Centro, e estarão abertos do dia 2 ao dia 4. Há outras atividades programadas, como lançamentos de livros e contação de histórias, além da exibição do filme "O Menino Maluquinho", inspirado na obra do escritor mineiro Ziraldo, recém-falecido. 

Dentro do evento será realizado o VI Encontro da Associação das Academias de Letras de Minas Gerais - Asalemg, nos dias 4 e 5/05 (sábado e domingo), do qual a ALPM é anfitriã. Parte da programação do Encontro é aberta ao público, no contexto da Feira. O destaque é para uma entrevista musical com o escritor e cantor mineiro Paulinho Pedra Azul, conduzida pela escritora e acadêmica Malluh Praxedes.

Acompanhe a programação em: https://www.instagram.com/casadaculturapm/

terça-feira, 23 de abril de 2024

Pará de Minas recebe em maio encontro das academias de Minas

 

 

A Academia de Letras de Pará de Minas (ALPM) receberá nos dias 4 e 5 de maio de 2024 o VI Encontro Estadual da Associação das Academias de Letras de Minas Gerais - Asalemg, com o apoio da Prefeitura Municipal de Pará de Minas. A Asalemg é uma entidade criada em 2022 com o objetivo de congregar e estabelecer um trabalho em conjunto de fortalecimento institucional, troca de experiências e realizações de projetos entre as academias de letras do Estado. Tem como presidente o escritor Flávio Ramos, da Academia Divinopolitana de Letras - ADL e a ALPM é uma das suas entidades fundadoras.

Haverá atividades do Encontro abertas ao público:

Dia 4/5 - sábado

 

09h– Abertura no Teatro Municipal – Pç. Torquato de Almeida, 26 - Centro
- Entrevista Musical com Paulinho Pedra Azul - cantor e escritor

17h – Sarau na sede da Academia de Letras de Pará de Minas – Centro Literário Pedro Nestor -R. Benedito Valadares, 183, Centro

20h30min – Literatura e Vinho – Conversa com o Acadêmico Arnaldo de Souza Ribeiro - Bodega WineBar - Av. Prof. Mello Cançado, 107 - São José.


A participação do público é gratuita. Os ingressos para a abertura/entrevista musical podem ser retirados a partir do dia 29/04 na Casa da Cultura.

O Encontro será realizado no contexto da 10.a Feira Literária de Pará de Minas, a Paraliteratura. De 2 a 4 de maio estarão montados os estandes da Feira na Praça Torquato de Almeida. Haverá também uma programação com exibição de filmes, lançamento de livros e contação de histórias, como é tradicional no evento.


quinta-feira, 18 de abril de 2024

Semeadura

Geraldo Phonteboa
Cadeira n.º 14

 


 

Sob um chão duro e seco
Como se feito de pura pedra
Nele lancei sementes.
Não criei expectativas,
Deixei sonhos correrem soltos
E segui caminho incerto

Tempos depois de andanças
Naquele lugar não vi mais
Chão seco e duro...
Não reconheci as flores do lugar
Pensei estar em outra paragem.
Os sonhos não eram só meus.

____________________________ 

Imagem: https://www.gratispng.com/png-bvl2h5/

quarta-feira, 13 de março de 2024

Viajando pelo México

 Carmélia Cândida
 Cadeira n.º 2

Viagem realizada entre 30 de janeiro e 10 de fevereiro de 2024. Viajantes: Carmélia Cândida e Alaércio Delfino

O México atrai pela cultura diversificada, pelo colorido, por suas paisagens naturais, monumentos históricos, praias, sítios arqueológicos, entre outros atrativos. A mim, também por ser o país de Frida Khalo e por me trazer o canto intenso e incomparável de Chavella Vargas, que nasceu na Costa Rica, mas se firmou como cantora mexicana. Nos nossos dez dias pelo país, optamos por roteiros históricos e culturais. Visitamos a  Cidade do México (CDMX), Puebla de Zaragoza e Oaxaca de Juárez.

A CDMX, capital do país, está entre as maiores cidades do mundo, com mais de 22 milhões de habitantes. Encantaram-me os museus, exposições, as avenidas modernas e, em especial, o centro histórico, com suas ruas que pipocam gente, a fenomenal Plaza de La Constitucíon, a quarta maior praça do mundo, e monumentos como a Catedral Metropolitana de la Asunción de Maria, o Palácio Nacional,  o Palácio das Bellas Artes (este enche os olhos, é de ficar diante dele, sem dizer nada, tão somente contemplando).

Tivemos o privilégio de sobrevoar de balão a zona arqueológica de Teotihuacán, realizando um sonho antigo, e depois caminhar por todo o sítio, admirando cada construção e as pirâmides. Deixamo-nos contagiar pela alegria dos embarcadouros de  Xochimilco, com seus inúmeros barquinhos cheios de cor, que navegam por canais pitorescos enquanto vendedores e mariachis passam oferecendo seus produtos/serviços. Fomos ao Santuário de Nossa Senhora de Guadalupe, principal templo da Igreja Católica no continente americano.  Na Casa Azul, onde nasceu e morreu Frida Khalo, hoje museu, submergi-me no universo da vida e obra da artista e, no jardim, ela e eu tivemos um encontro espiritual e emocionante, um dos pontos altos da viagem para mim.

Em Puebla, caminhamos sem pressa por entre ruas estreitas e coloridas, ornadas por prédios históricos e repletas de vida. Em Oaxaca, cidade indígena conhecida como o berço de civilizações antigas, pudemos sentir a essência do México, pois o local soube preservar seu passado colonial e suas tradições. Artesanato por todos os lados, museus e galerias de arte – um deleite. Lá também pudemos visitar outro sítio arqueológico, o Monte Albán, uma cidade antiga do povo zapoteca localizada a 2 mil metros acima do nível do mar. E passamos um perrengue para chegar a Hierve el Agua, um lugar no alto das montanhas, difícil de chegar, que conta com piscinas naturais, cascatas petrificadas e uma paisagem de tirar o fôlego.

Foram dias intensos, revigorantes e que nos confirmaram, mais uma vez, que viagens são, depois de saúde, o maior e melhor investimento que podemos fazer por nós mesmos. O que vivemos, o que sentimos e experimentamos em uma viagem prazerosa ficará conosco e estará para sempre entre nossas memórias mais felizes. É como disse Gabriel Garcia Marquez: o que você viveu ninguém rouba.