Integrantes da Academia de Letras de Pará de Minas

A ALPM conta com 21 cadeiras para acadêmicos efetivos. Cada cadeira tem como patrono um escritor de língua portuguesa falecido e que tenha se notabilizado na literatura ou pessoa que tenha contribuído à arte e à cultura de Pará de Minas. Desde que foi fundada, a Academia funcionou sem que a totalidade de suas cadeiras estivessem ocupadas.  Ao longo dos seus 19 anos de existência, foram eleitos e empossados novos acadêmicos a fim de completar a composição da agremiação. Nesse tempo, também, faleceram acadêmicos, outros renunciaram. Atualmente, a Academia conta com 19 cadeiras ocupadas.

O título de acadêmico é perpétuo, a não ser em caso de renúncia. A vacância de uma cadeira, portanto, se dá por falecimento ou renúncia de seu titular. Os acadêmicos efetivos são os membros que fundaram a Academia e outros eleitos e empossados na forma definida pelo regimento da instituição. No caso de uma cadeira ser considerada vaga, podem ser admitidos novos acadêmicos. Um edital para apresentação de candidaturas é publicado num jornal da cidade, os interessados se inscrevem, devendo preencher requisitos determinados, e é realizada uma eleição. O acadêmico eleito passa a fazer parte da Academia após sua posse.

Acadêmicos efetivos:


Cadeira n.º 1 - Ângela Leite Xavier

Patrono: Robson Correa de Almeida
Data da posse: 05/11/2016
Antecessores: Dirceu Mendonça Álvares da Silva e Flávio Marcus da Silva

Ângela Leite Xavier é natural de Pará de Minas e radicada em Ouro Preto/MG. É contadora de histórias e pesquisa histórias regionais, histórias de mulheres e de família, além de ceramista. Autora dos livros "Tesouros, fantasmas e lendas de Ouro Preto", "Biografia dos Fantasmas", "Olhos de Estrela" e "A Chave do Ouro". Também escreveu, juntamente com duas primas, o livro de memórias "3 Primas: crônicas e contos", participou da antologia feminina "Águas Passadas", do livro "Pará de Minas Meu Amor" e do livro "300 anos de fantasmas é fogo", da autora Márcia Paschoalin. Também compõe a Academia de Letras de Ouro Preto.


Cadeira n.º 2 - Carmélia Cândida

Patrono: Mário Quintana
Data da posse: 01/11/2014
Antecessora: Ana Cláudia de Souza Saldanha

Carmélia Cândida é graduada em Letras, pós-graduada em Alfabetização e Letramento e em Língua Portuguesa. Escreve crônicas, contos, poemas e textos teatrais. Contadora de histórias e atriz, é membro dos Grupos de Teatro Iluminartt e ReVerso. Mantém o blog “Baú de Carmélia”, onde pública seus textos. Autora do livro "O Azul dos Olhos dela", de contos e crônicas.



Cadeira n.º 3 - Renata Teixeira da Silva

Patrono: Pedro Drummond de Salles e Silva
Data da posse: 05/11/2016
Antecessor: José de Laurentys Medeiros

Renata Teixeira nasceu e vive em Pará de Minas. É professora na Faculdade de Pará de Minas (FAPAM), Sócia-Diretora da Português Etc e Tal e desenvolvedora de projetos educacionais. É mestre em Educação pela Universidade Federal de Juiz de Fora e, atualmente, está cursando doutorado em Didática das Línguas, Ciências Sociais e Humanas pela Universidade Nova de Lisboa. Tem diversos artigos acadêmicos publicados. Possui um blog intitulado “Pó, poeira e poesia”.



Cadeira n.º 4 - Conceição Cruz
Patrona: Orosina Cecílio Mendonça
Data da posse: 01/11/2014
Antecessor: Márcio Mendonça Meireles

Maria Conceição da Cruz é filha de José Alexandre da Cruz e de Maria Geralda da Cruz. Autora de diversas obras para crianças e adultos. Membro da Academia Divinopolitana de Letras e da Academia de Letras de Pará de Minas. Pós-graduada nas áreas jurídicas e educacional. Doutora em Ciências Jurídicas e Sociais. Servidora inativa da Justiça Federal - TRF1. Obteve reconhecimento de mérito social da Faculdade de Pará de Minas - FAPAM/2017. É madrinha das rotas literárias do Circuito Verde Trilha dos Bandeirantes/MG.



Cadeira n.º 5 - Adélia Salles

Patrono: Pedro Nava
Data da Posse: 15/11/1999

Maria Adélia Chelini Salles nasceu em Belo Horizonte, mas tem suas raízes em Pará de Minas. É neta do juiz de direito Pedro Nestor Salles e Silva, que é parte da história da cidade onde trabalhou por 40 anos. É filha de Pedro Drummond de Salles e Silva e Joana Chelini Salles. É memorialista, ensaísta, pintora e desenhista. Autora do livro de memórias "Aqueles Velhos Bons Tempos - Álbum de Minha Família". Ajudou seu pai a editar o livro "Notas sobre a História da Medicina em Belo Horizonte". Foi Presidente da Academia de Letras de Pará de Minas.



Cadeira n.º 6 - Regina Marinho

Patrono: Clarice Lispector
Data da Posse: 29/03/2003

Regina Marinho nasceu em Pará de Minas, filha de Genuína Melo e de Walter Marinho. Formada em História pela PUC-Minas e pós-graduada em História Moderna e Contemporânea, foi professora de História do ensino fundamental e é servidora do Tribunal de Justiça de Minas Gerais. É escritora, poeta e cantora. De sua autoria são: o livro de poemas Icarina e o Caderno Literário n. 4, Textos Escolhidos, da ALPM. Foi colaboradora do Jornal Gazeta Pará-minense e do Jornal Diário de Pará de Minas. Participa de coletâneas com poemas, contos e textos, em publicações da cidade de Pará de Minas e de Belo Horizonte.


Cadeira n.º 7 - Aílton José Ferreira

Patrono: Casimiro de Abreu
Data da Posse: 23/06/2012
Antecessor: Antônio de Almada Lopes

Aílton José Ferreira é natural de Petrópolis/RJ e radicado em Pará de Minas, Inspetor da Polícia Civil aposentado, Bacharel em Direito, Pedagogo, professor de Língua Portuguesa e Sociologia, atualmente cursando Teologia. Publicou o livro "Fachos de Luz". É Ministro da Palavra da Igreja Católica desde 2008.






Cadeira n.º 8 - Márcio Simeone Henriques

Patrono: Amadeu Grassi
Data da Posse: 15/11/1997

Márcio Simeone Henriques nasceu em Belo Horizonte/MG e é radicado em Pará de Minas. Relações Públicas, Professor da Universidade Federal de Minas Gerais, com Doutorado pela UFMG e Pós-Doutorado pela Universidade Nova de Lisboa. É um dos fundadores da Academia de Letras de Pará de Minas. Escreveu os livros "O professor em viagem", "O pó de giz e a poeira da estrada" e "Noves Fora" e participou de várias publicações, com crônicas, ensaios, contos e poesias.
 
 
 
 
 
 
 

Cadeira n.º 9 - Hila Flávia Marinho Teodoro

Patrono: Cora Coralina
Data da Posse: 15/11/1997

Hila Flávia Marinho Teodoro nasceu em Pará de Minas. Bacharel em Direito pela PUC-Minas, tem curso de especialização em Canto Orfeônico e Coral (SEEMGG). Membro fundadora da Academia de Letras de Pará de Minas. seu primeiro livro foi publicado aos 40 anos de idade: "Quintal de Horta", pela Editora Vega. Tem vários outros livros publicados pela Mazza Editora, além de participações nos Bianuários da ALPM.






Cadeira n.º 10 - Valmir José

Patrono: Cecília Meireles
Data da Posse: 15/11/1997

Valmir José Costa Diniz é natural de Belo Horizonte e radicado em Pará de Minas. Foi presidente da Associação de Escritores de Pará de Minas, do qual é um dos fundadores e também é membro fundador da ALPM. Publicou os livros "Fantasias" e "Lições de aprendiz e mensagens de alento", além de ter vários contos e poemas publicados em coletâneas. É Oficial de Justiça aposentado do Tribunal de Justiça de Minas Gerais.






Cadeira n.º 11 - Déa Miranda

Patrono: José Gastão Machado
Data da Posse: 11/12/2004















Cadeira n.º 12 - José Roberto Pereira

Patrono: João Guimarães Rosa
Data da Posse: 12/09/2009
Antecessor: Sílvio Lage Pinto

Formado em Letras e em Artes Cênicas. Possui trabalhos como ator no teatro e no cinema. É dramaturgo, escreve para jornais e revistas de Pará de Minas e região. Já escreveu roteiros para comerciais de tevê e para cinema. Foi Diretor do Departamento de Ação e Difusão Cultural da Secretaria Municipal de Cultura de Pará de Minas de 2009 a 2012 e 2017 a 2019. Publicou obras infanto-juvenis e, dentre outros livros, "O Servo Fiel: a fascinante biografia de Libério Rodrigues Moreira – o Padre Libério" (2019), de pesquisa histórico-biográfica. Possui prêmios em literatura, cinema, teatro, na área de Educação e de produção cultural.


Cadeira n.º 13 - Lígia Muniz

Patrono: João Mohana
Data da Posse: 15/11/1997

Professora e Jornalista, é natural de Oliveira/MG e reside em Pará de Minas. Sócia-fundadora do Jornal Gazeta Paraminense, onde atuou e foi professora e assessoria administrativa na Faculdade de Pará de Minas/Fapam. Tem diversas poesias e crônicas publicadas.










Cadeira n.º 14 - Geraldo Phonteboa

Patrono: João Dornas Filho
Data da Posse: 22/09/2007

Geraldo Phonteboa, natural de Piedade dos Gerais, reside em Itaúna. Cidadão honorário de Pará de Minas e de Itaúna. Graduado em Filosofia, Especialista em História e Mestre em Educação. Professor da Rede Pública Municipal de Itaúna e Professor Universitário (Faculdade de Pará de Minas e de Nova Serrana). Membro da Academia de Letras de Pará de Minas - ALPM onde ocupa a cadeira nº 14 (patrono: João Dornas Filho). Membro fundador da Academia Itaunense de Letras – AILE, cadeira nº 2 (patrono: Manoel de Barros).É artesão e atua na confecção de Bonecos para teatro e é produtor de minilivros.





Cadeira n.º 15 - Fátima Peres

Patrono: Vinícius de Morais
Data da Posse: 05/01/2016
Antecessor: Júlio Saldanha

Graduada em Jornalismo pela Universidade Federal de Minas Gerais. Mestre em Literaturas de Língua Portuguesa pela PUC-Minas, graduada em Licenciatura/Português por esta mesma universidade. Estudou literatura argentina na Universidade Nacional de Córdoba. Em 2010 publicou o livro "A história dos supermercados em Minas e seus personagens". É uma das organizadoras dos livros "Águas Passadas - Escritoras de Pará de Minas contam suas histórias", "Arquivos Femininos: Literatura, valores, sentido; Poéticas do Feminino" e "Letras na Quarentena". Pesquisadora na área de literatura de autoria feminina, editora do jornal "Mulheres em Letras" e proprietária da Todavoz Editora.


Cadeira n.º 16 - (vaga)
Patrono: José Augusto Correia de Miranda
Data da Posse: 15/11/1997
Antecessor: Hernani José de Almeida


Cadeira n.º 17 - Paulo Roberto dos Santos

Patrono: Carlos Drummond de Andrade
Data da Posse: 15/11/1997

Nasceu em Pará de Minas e é formado em História e em Psicologia. Atualmente reside em Belo Horizonte. Foi um dos fundadores do Jornal Cenáculo - Espaço Literário, em 1984 e também compôs a Associação de Escritores de Pará de Minas. É um dos fundadores da ALPM. Poeta, participou de inúmeras coletâneas e publicou o livro "Do desejo e do amor", "Semblantes de um silêncio" e "O sítio do vovô".
 
 
 
 
 
 
 

Cadeira n.º 18 - Pedro Luiz Gonzaga

Patrono: Tomás Antônio Gonzaga
Data da Posse: 15/11/1997
 
Nascido em Ibitira, município de Martinho Campos/MG e radicado em Pará de Minas. Formado em Letras pela Faculdade de Ciências Humanas de Pará de Minas, abraçou a carreira de professor, lecionando Português, Inglês e Literatura. É um dos membros fundadores da ALPM.









Cadeira n.º 19 - Malluh Praxedes

Patrono: Noêmia Leite Praxedes
Data da Posse:
Antecessor:

Natural de Pará de Minas, Malluh Praxedes é escritora, jornalista e produtora cultural. Publicou 19 livros autorais: poemas, contos, crônicas e um quase romance. Com o poema “Mea Culpa” recebeu o Prêmio Alfonsina Storni, na 9ª. Fiesta de La Poesia Latino-americana, organizada pela Fundação Givré, em Buenos Aires, Argentina. Tem 21 canções em parceria com o compositor Renato Motha. Integrou a equipe que criou o BDMG-Cultural (1988), idealizando e coordenando diversos projetos, com destaque para os prêmios BDMG-Instrumental e Jovem Instrumentista BDMG.




Cadeira n.º 20 - Joandre Oliveira Melo

Patrono: Darcy Ribeiro
Data da Posse: 23/06/2012
Antecessor: Roberto Eustáquio Neves


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Cadeira n.º 21 - (vaga)
Patrono: Oswaldo França Júnior
Antecessora: Terezinha Pereira

___________________________________________________

Acadêmicos honorários:
Patrono: Benjamin de Oliveira


Ermínia Silva


Nascimento: 1954
Falecimento: 13/03/2024
 
Ermínia Silva é da quarta geração de circenses no Brasil, por parte de pai: Barry Charles Silva. Doutora em História Social da Cultura pelo Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) da Universidade Estadual de Campinas. Co-Cordenadora do site Circonteudo – portal da diversidade circense (junto com Daniel Lopes e Giane Carneiro). Co-Coordenadora do CIRCUS - Grupo de Pesquisa em Circo (junto com Marco Antonio Coelho Bortoleto) – na FEF – UNICAMP. Co-Coordenadora do Grupo Psircos. Vencedora do Prêmio Governador do Estado para a Cultura – Governo do Estado de São Paulo e Secretaria da Cultura – 2017. Autora do livro CIRCO-TEATRO: Benjamin de Oliveira e a teatralidade circense no Brasil.






Mercemiro Oliveira Silva


 
Nascimento: 1933
Falecimento: 12/10/2023

Natural de Pará de Minas, radicado em Divinópolis, membro da Academia Divinopolitana de Letras (Cadeira, 21), onde foi presidente por dois mandatos. Foi ferroviário, advogado, além de professor e diretor da Escola Leão XIII, em Divinópolis. Autor de livros e artigos para jornais e revistas. Publicou os livros "Dicionário dos construtores da história de Divinópolis", organizado com Mauro Corgozinho Raposo e "Amor & Erotismo".
 


Mercemiro, quando foi empossado Acadêmico Honorário da ALPM, em 2014.


 
Bartolomeu Campos de Queirós



Nascimento: 25/08/1944
Falecimento: 16/01/2012


Nasceu em Pará de Minas, formou-se em Educação e Artes e cursou o Instituto de Pedagogia em Paris. Foi presidente da Fundação Clóvis Salgado e membro do Conselho Estadual de Cultura. É autor do Manifesto por um Brasil Literário, do Movimento por um Brasil literário. Escreveu dezenas de livros, inclusive reconhecidas obras infantis e foi laureado com vários prêmios, como o Jabuti, o Prêmio da Crítica em Literatura Infantil/Juvenil da APCA e o Prêmio Ibero-americano SM de Literatura Infantil e Juvenil. Dentre suas obras se destacam: "Cavaleiros das Sete Luas", "Indez", "Por parte de Pai", "Tempo de Voo" e "Vermelho Amargo".






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários neste blogue são moderados.